Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Marcos Resende Canções

Marcos Resende Canções

Morro de Rir

Mulher 213.jpg 

Índice Canções

Eu me sentei à mesa,
aceitei a tristeza,
e fiquei no meu canto.
Meus olhos, no entanto,
procuram parados.
Meu sonho cansado
atravessa o salão.


Eu me deitei na saudade,
e vesti a vontade
de pular na vida.
Entrei nos cordões
de tua alegria.
Entrei no teu dia,
e peguei tua mão


E agora eu morro de rir,
de cantar, de brincar.
Todo mundo de perna pro ar.
Quero sumir,
nos teus braços, fugir
que a alegria é capaz de matar.
Vem cá, vem cá, vem cá, vem cá!

Índice Canções

Parceria com Jean Garfunkel

São Paulo, 1972