Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Marcos Resende Canções

Marcos Resende Canções

Magali Maravilha

Índice Canções

Eu vi.

Você estava ali.

Ali, Magali,

Magali Maravilha.

Filha da chuva e do sol e da noite

e da estrela perdida,

que não encontrei,

mas, que sei:

é tão linda,

infinda,

infinita,

irmã, parecida,

igual a você.

Senti

que o amor estava ali.

Ali, Magali,

Magali Madrugada.

Amada, cada esperança é um medo desfeito,

e escutei satisfeito

o silêncio soprar e dizer

que você,

Magali,

é procura,

igual à loucura

de um sonho morrer.

Quem me dera o encontro e o encanto

a nascer primavera, na espera e no espaço.

Quem me dera você compreender

que nasceu pra nascer

e morrer em meus braços.

Quem me dera você se prender,

se perder por querer,

se envolver nos meus passos.

E — Magali — se entregar,

me aceitar como eu sou,

me assumir,

me buscar e exigir meu amor.

Magali.

Parceria com Michel Pedro Filho

Varginha, 1971

Índice Canções