Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Marcos Resende Canções

Marcos Resende Canções

Coração de Bigode

Índice Canções

Hoje, eu tempero o meu poema,

com orégano e morena,

bem-te-vi e bem-me-quer:

(Chega aqui,

vem ouvir,

discutir,

me escutar.)

Enche o copo de uísque,

comidinha pro belisque,

cavaquinho pra tocar...

(Cavaquinho é a mãe!)

Um coração de Libório,

cantando, finório,

Froufrou e Manon;

seu chuca-chuca é penacho

de um galo bem macho,

de espora e "lorgnon".

Hoje, encho a cara de alegria,

bebo a tua simpatia,

tomo um porre de você:

(Vim te ver,

te curtir,

fuxicar,

remexer.)

Enche o copo do Renato,

põe um sonho no meu prato,

põe o tacho pra ferver

(torradinha e patê).

Um coração de bigode

sambando sacode

um sorriso no ar.

Seu chuca-chuca é penacho

de galo bem macho

que vive pra amar.

OPÇÕES:

Enche o copo do Zelito,

puxa a brasa pro meu pito.

Enche a taça da Marília,

bota fogo na quadrilha.

BREQUES:

Tu fait l'effet d'un beau vaiseau qui prend le large (Baudelaire, Les Fleurs du Mal)

Tifélefédãbôvessôquipranlelarge!

Cala a boca!

Dá-lhe, Gardini!

Ai, pistarinho!

  Homenagem a Eduardo Moreira

Parceria com Jean Garfunkel

São Paulo, 1973

Índice Canções